top of page
Buscar
  • Foto do escritorDra. Jamile Rosário Kalil

Câncer de estômago: um tumor maligno que devemos ficar atentos

O câncer de estômago é um tumor maligno que pode ser silencioso ou alarmante.


Os sintomas podem ser iguais aos de uma úlcera, ou somente surgirem quando a doença já está mais avançada.


Por isso, se suspeitar de algum problemas no estômago, procure assistência médica e descubra as causas do seu desconforto e qual é o melhor tratamento.


A seguir, saiba como identificar os diferentes tipos de sintomas e conheça um pouco mais sobre esse tipo de câncer para ficar sempre atento!


Sintomas de um câncer de estômago


Antes de começarmos, é bom lembrar que hábitos saudáveis relacionados à alimentação, exercício físico e terapêuticos para a melhora da mente e do estado emocional são a melhor prevenção de qualquer tumor ou doença.


Afinal de contas, nem sempre o câncer irá te dar uma colher de chá com sintomas aparentes, para que você busque o tratamento necessário logo no princípio!


Aliás, todos os sintomas a seguir podem ou não ser significativos de um tumor maligno no estômago, mas também podem estar relacionados a presença de bactérias, vírus e inclusive a Síndrome de Zollinger Ellison.


1. Hiperacidez estomacal


A hiperacidez estomacal é caracterizada pelo excesso de produção de ácido gástrico.


Assim que o paciente consome o alimento, principalmente aqueles mais ácidos, o desconforto começa a aparecer em poucos minutos.


2. Queimação na boca do estômago que só cessa ao comer


A partir do momento em que o paciente desenvolve úlcera, o sintoma mais marcante é a ausência de ardor na boca do estômago quando este está cheio.


Portanto, fique atento!


3. Comer menos do que está acostumado e sentir saciedade precoce


Este é outro indicativo de alerta para o câncer de estômago!


Isso porque a presença de um corpo estranho, no caso o tumor, pode acabar deixando o paciente com a sensação de que não se alimentou o suficiente para ficar nutrido, já se sentindo estufado ou cheio logo após o início da refeição.


4. Perda de apetite


A perda de apetite também pode ser indicativo de que algo não vai bem com a sua saúde estomacal.


Além do quê, a perda de apetite ainda pode estar associada a estufamento, empachamento e excesso de gases.


5. Fraqueza e cansaço


O câncer pode desencadear febre, fadiga e cansaço, assim como o emagrecimento sem causa aparente.


Na verdade, o que acontece é que as células cancerígenas sugam a energia do organismo e liberam inclusive, substâncias que mudam a forma como o corpo se energiza a partir da alimentação.


Saiba outros sintomas para se atentar


- Dor frequente no estômago;

- Enjoos e vômitos;

- Diarreia ou prisão de ventre;

- Sangue no vômito ou nas fezes.


Causas


Não há uma causa específica para o câncer de estômago, porém o fator hereditário é sempre um agravante.


Isto é, se você já tiver histórico de câncer de estômago na família e apresentar alguns desses sintomas, investigue o quanto antes para que as chances de cura sejam favoráveis em seu tratamento.


Mas ainda assim pode-se considerar algumas outras causas:


- Presença de helicobacter pylori;

- Ingestão em excesso de conservas;

- Presença de úlcera ou gastrite crônica não tratada;

- Cirurgias prévias no estômago;

- Diferentes tipos de anemia.


Diagnóstico


O diagnóstico inicial é feito por meio do exame de endoscopia, mas o médico ainda pode solicitar uma tomografia computadorizada ou ultrassonografia.


Tratamentos


Os tratamentos para o câncer de estômago incluem:


As cirurgias para o câncer de estômago


- Cirurgia de ressecção endoscópica, onde o tumor é removido através da endoscopia;


- Gastrectomia subtotal, onde é retirada a parte do estômago em que o tumor se alojou;


- Gastrectomia total, onde todo o estômago é retirado (indicada para quando o câncer está na parte superior do estômago ou quando já atingiu toda a parede estomacal).


Outras terapias não cirúrgicas

- Quimioterapia: Utiliza químicos e administração oral ou intravenosa para a eliminação das células cancerígenas;


- Radioterapia: Utiliza radiação para destruir ou reduzir o tumor, além de controlar seu crescimento;


- Imunoterapia: É a administração de medicamentos suplementares que provocam um estímulo à imunidade, para que o próprio corpo combata o câncer.


Por isso, com o diagnóstico precoce o câncer de estômago tem cura!


O Centro Paulista de Endoscopia oferece segurança e qualidade em todos os procedimentos, incluindo endoscopia, colonoscopia e outros.


Destacando-se por um atendimento humanizado, o CPE é especializado em doenças do aparelho digestivo e oferece as especialidades necessárias para um diagnóstico preciso e a definição do melhor tratamento.


Cuide da sua saúde, agende agora mesmo um exame!

Para te ajudar contra o câncer de estômago, agende hoje a sua consulta.

3.594 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page