top of page
Buscar
  • Foto do escritorDra. Jamile Rosário Kalil

Veja quais alimentos evitar na ceia de Natal

Só de pensar no Natal já dá água na boca, especialmente para quem adora comer demais diante de um bom banquete.

Mas as metas de emagrecimento não podem ser deixadas de lado a troco de tantas calorias, não é mesmo?


Claro, todo o esforço conquistado até aqui pode ser jogado fora, se a quantidade de macronutrientes for além daquilo que o seu corpo realmente precisa para continuar em forma.


E é por isso que você vai descobrir agora como se manter firme ao regime alimentar na ceia de Natal, podendo se permitir entre uns e outros petiscos. Vamos lá?!


1. Evite o refrigerante na ceia de Natal

Sim, não dá para falar de dieta sem falar dele, o arqui-inimigo de todas as barrigas tanquinho.


E na ceia de Natal não é diferente.


Você até pode dar preferência ao refrigerante zero açúcar.


Mas tenha em mente que ainda é uma quantidade alarmante de sódio que está sendo ingerida e quem vai ficar inchada no outro dia, não será a latinha que você tomou.


Portanto cuidado!


2. Macarrão na ceia de Natal é em pouca quantidade

Aqui o que vale é conter o exagero.


Afinal de contas, se a quantidade ingerida estiver dentro da sua meta de carboidratos diária, o macarrão até pode contribuir para que o seu corpo se recupere daquele treino superintenso da véspera do Natal.


Mas lembre-se: menos é mais… e se você tira aqui pode acrescentar dali.


Então nada de cometer “carboicidio” prematuro com o macarrão, aliás, em nenhum momento!


3. Batata frita de jeito nenhum

E por falar em carboidrato, aqui lá vem ela: a grande construtora da pochete.


Por mais que ela seja um legume, a batata frita só tem a ser temida.


Não é pra menos:


● Excesso de sódio;

● Aumento do colesterol pela fritura;

● Ganho de peso pelo excesso de caloria;

● Carboidrato de pouca valia na construção de massa muscular.


Isto é, a batata frita é uma das vilãs mais armadas da noite para te condenar justamente por aqueles quilinhos que você não quer ter.


4. Pão branco é para os fracos

Tá. Vamos combinar. Pão em ceia de Natal é mais um “termina de encher a mesa com qualquer coisa” do que de fato um prato para se apreciar.


Portanto, esperamos que não seja você, a convidada a cair nessa arapuca de calorias e carboidratos. Ou vai?


5. Panetone, bolos e biscoitos sobrarão para o dia seguinte

Aqui vai uma dica: o café da manhã será servido no outro dia com esses mesmos itens.


Então, não se preocupe em gastar sua cota de carboidratos diários comendo algo que nem deveria estar em uma refeição noturna.


Alerta de crime grave!


6. Tortas

Seja lá qual for o ingrediente que estiver no recheio dessa torta, segura a onda amiga!


Eu sei, eu sei, é desafiador. Mas se o primeiro pedaço vier, é ainda mais difícil não comer mais um.


Então, diante de uma bomba calórica de carboidratos que vai te seduzir de uma forma ou de outra, o jeito é ponderar reduzindo nos outros carboidratos dispostos na mesa.


Lembre-se sempre que o jantar não fica só nos comes salgados, os doces podem vir depois, e ainda mais atraentes!


7. Patês e salpicão são muito calóricos

Você deve estar se perguntando. Mas patê não é saudável?


Bom, ele até pode estar presente no seu dia a dia, como um substituto mais versátil para os seus lanches da tarde.


Porém, com tanto para comer, exagerar no patê pode ser sua perdição!


Afinal a maionese e o creme de leite contidos ali podem acrescer 100 calorias na sua refeição com apenas 3 passadas de colher.


Isso sem falar nas calorias extras da torrada que acompanhará o patê.


Portanto, evite.

Chocolate na ceia de Natal? Melhor não!

Hum, uma tonelada de açúcar está prestes a pôr tudo a perder… especialmente se você largar esse vício para se dedicar a construção de um corpo físico mais esbelto e harmonioso.


Acontece que o chocolate tem substâncias viciantes e uma breve recaída pode trazer à tona velhos hábitos que você não quer mais ter que carregá-los.


Por isso, fique longe também do chocolate!


Viu só. Agora você já pode pegar sua coxa de peru e devorá-la tranquilamente.


Além da carne do peru ser uma carne magra, ela traz mais saciedade do que qualquer outra carne.


Isso é ótimo para te manter longe de toda essa comida deliciosa, mas que só vai te levar para longe dos seus objetivos.


Quer ajuda para gostar de se exercitar e perder peso de uma forma saudável, prazerosa e eficaz?


Saiba mais sobre o nosso método com um de nossos profissionais especializados.












61 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page